quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Tragam o caixão!

"Quanto vale o show? Quanto vale o amor? Quanto vale então, fazer das tripas, coração?", é assim que começa o refrão do novo single do Jota Quest. La Plata, nome também do álbum homônimo é o mais novo trabalho da banda mineira. Completamente desprezível e horrível. O show? Não pagaria meio pacote de goma de mascar.

Fazia tempo que eu não escutava algo tão ruim em novos trabalhos de algumas bandas com sucesso nacional. O último lançamento, "Até onde Vai?" com dvd gravado na capital gaúcha, é sem dúvidas o último suspiro vindo do Jota Quest. Mesmo com uma regravação do Erasmo e outra canção de duas ou três frases. Esse disco, podia muito bem continuar tocando em rádios e sendo executado em shows.

Puta saudade de coisas geniais como o "De Volta ao Planeta dos Macacos" ou então do "Discotecagem Pop Variada". O que dizer então do "Ao vivo MTV" com participação de Arnaldo Antunes, Thaíde e a inédita "Do seu Lado" do Nando Reis. Assisto ao dvd com orgulho do rock nacional. Orgulho de ter um dia acreditado neles. Depois do "La Plata" minha paciência esgotou-se da noite pro dia. O pão-de-queijo fez mal e terminou com o que a mineirada podia ter de bom.

4 comentários:

laryssems disse...

Não gosto muito dessa banda... e ouvi eles tocando (não lembro onde) recentemente e não gostei. hahaha BJss

Márcio Viana disse...

Não gosto de Jota Quest, mas por curiosidade "jornalística" ouvi este CD e não achei tão ruim assim... "Seis e Trinta" é uma boa canção pop.

Juliane Soska disse...

bah, tai uma banda que eu não gosto.
nenhuma música.

zero

eca

Mari disse...

Nada tenho contra eles, não desgosto mas não amo. Escuto, não é ruim.