quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Toca, Pedra Leticia!!!


Reza a lenda que o paulista ao encontrar a mulher com um amante, puxa um revólver e mata os dois. O carioca, mata o amante. Já o goiano, mata a mulher e pega o homem pra formar dupla sertaneja. É pra fugir dessa sina que a Pedra Letícia vem buscando espaço no cenário musical. Com músicas próprias e autênticas a banda louçou seu disco de estréia pela EMI(olha a propaganda, Carol), com produção de Marcelo Sussekind, produtor de discos como o Novos Horizontes e Capital Inicial ao vivo Multishow.

Destaque para as músicas "Como que cê pode abandoná eu?", hit em diversos lugares com quase 500 mil acessos no youtube. Além de autenticidade, a criatividade é marca nas músicas da banda. Prova disso são as canções "Eu não toco Raul", "Em plena lua de mel" e "Resolução", essa última contandoas ângustias de um homem que cansado de aguentar uma mulher achou a solução para seus problemas.

"Camioneta Zero" deduz bem o próposito da banda. Com estrofes como "Só quero espaço pra tocar meu violão/ Sem ter que formar dupla com o meu irmão" e refrão pedindo um som ligado em 220, demonstra a quebra do paradigma que citei no início. Com a indústria musical cada vez mais colocando nomes em homenagem a pessoas, em especial mulheres, a Pedra Leticia não podia ficar para trás. "Creuza" é uma sacada sensacional.

A banda tem tudo para alcançar o tão esperado sucesso. É ver para crer. Por enquanto, TOCA, PEDRA LETICIA!

4 comentários:

Ouvindo pampa no iPod disse...

EEEEEEEEEEEEEEEEEEE obrigada pelo espaço pseudo-editorial! hehehehe é disso que o depto de imprensa gosta! rsrs

falando sério, torço pessoalmente pelos caras, que realmente são muito bons no que fazem! tocam bem e tem bom humor, nem sempre com sutileza, mas com inteligência!

bjooo!

Mari disse...

Eu não toco Rauuuuuuuuuul

hauhauahuah


DEMAIS!

Izabela disse...

Taí.. não conheço, vou pesquisar.

valeuadica!

Juliane Soska disse...

é essa que vcs tanto cantavam no último findi de paunocuzagem??

vou pesquisar²

joga no google