segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Aos vinte e dois...

É difícil ficar indiferente à data do aniversário. Eu sempre tento, mas não consigo. Ainda mais quando a gente lembra que algumas pessoas perderam noites de sono para nos fazer feliz. Não dá.Cheguei a comentar que mudaria a data no orkut para que ninguém veja, mas é tolice. Coisa de criança talvez. Só de imaginar que pessoas perdem 30 segundos do dia para vir desejar boas coisas, joga a teoria pro fundo do poço. Já aviso para não esperarem resposta com um obrigado. O agradecimento fica na consciência de cada um. Evitem o parabéns por favor. Nessa data, essa palavra me soa como trágica. Parabéns e velhice não combinam, mesmo sendo hábito para todos. Eu sei que o dia vai parecer diferente, mas não ganharei folga no trabalho e terei que sorrir mais que o normal. Falsamente. Paciência.Meu pai me disse que irá viajar mais tarde e veio perguntar o que quero pro almoço. “Arroz e feijão”, respondi. Ele não esperava por uma resposta tão clichê, mas porque mudar justo na data do aniversário? Só nesse dia eu mereço algo especial no almoço? Talvez, mas não é minha intenção. À noite devem vir alguns amigos e parentes. Ganharei meias e camiseta. Estou precisando, mesmo dizendo que não era pra se incomodar com isso. Queria mesmo que me dessem uma viagem. Niterói, Jundiaí, Franca ou Porto Alegre. Tanto faz, não vou ganhar mesmo.A verdade é que os 2 patinhos na lagoa só servirão para contagem e nada mais. Pode ser que aos 73 eu conte pra alguém que com 22 fui morar em outra cidade, comecei um namoro ou até mesmo voltei aos estudos. Como você aos 73, pode lembrar-se de mim e pensar: “Ele só tinha 22”. Não é isso que eu quero e não é isso que eu desejo. Creia-me você ainda vai ter muito que me agüentar.

4 comentários:

Mari disse...

Vai ficar igual ao orkut, aqui o recado não se perde tão raido no meio de outros... ;)

Não evito os parabéns, parabéns nem que seja por sobreviver, tem gente que não consegue. Idade não é sinônimo de muita coisa, posso dizer por mim, que sou "pirralha" e tal, mas talvez eu não me sinta como uma. Mas foi escolhida uma contagem do tempo que leva isso em consideração, uma vez por ano todos tem "um dia", talvez uma tentativa de escapar da rotina, apenas. Mas melhor escapar por um dia do que nenhum, não é? Existem que os parabéns vindos diretos aqui, sem prestar a atenção no que você acha disso ou não, esses talvez não valham muito. Mas de pessoas que querem mais do que tudo tua felicidade, e que encontraram na data de hoje um jeito de desejar isso, vale a pena parar pra escuttá-las, e não são poucas.

Tudo de ótimo pra ti, valeu mesmo por ter aparecido tão do nada assim na minha vida. E por me aturar, claro! Aqueles blablablás de sempre e tal, mas com toda a sinceridade do mundo.


Beijo.

Izabela disse...

é.. é...

Eu desejei feliz aniversário para ti no msn há uns 30 segundos atrás.. hehe.


Bem, sei que muitos se incomodam deveras com isto, realmente.. o dia que comemoramos (comemoramos ?) anos não deveria ser um dia diferente, um dia melhor do que qualquer outro... e por muito tempo eu passei a acreditar que seria um dia chato sim.. um dia daqueles em que todos te tratam melhor, demonstram sentimentos que nem sempre são reais.. isto sim realmente incomoda.

Além do mais, depois que a gente passa dos 20 (20?) as coisas vão ficando ainda mais complicadas.. você tem sonhos, tem planos, pensa e planeja loucuras a realizar.. mas tem também responsabilidade, muitas e muitas responsabilidades que pesam mais do que qualquer outra coisa. Aí é melhor esquecer mesmo, melhor torcer para que passe rápido, muito rápido... mas aí vem a crise dos trinta que eu ainda não senti, mas que também não tarda.

Bem.. o fato é que apesar disto tudo, apesar de concordar em partes com o seu post, faço questão de ressaltar que talvez o dia do aniversário seja um dia especial sim... seja um dia para repensar fatos, repensar atitudes e fazer um balanço do que valeu e não valeu a pena do último ano.

Tudo bem que você poderia escolher qualquer outro dia para fazer isto, mas por que não hoje?

Espero que tenha me feito entender.. hehe.. ou então... ao menos... parafraseando, TENTENTENDER...

Talvez hoje seja um dia especial sim.. o início de muitos outros dias especiais que ainda estão por vir, então vamos celebrar?

Celebrar hoje, amanhã.. sempre.

Beijos.... e cuide-se!

É.. 22.. está ficando velho, então.. cuide-se mesmo hahaha!!! Uma velhice saudável é o que todos desejam.

Izabela disse...

ahhh

Só mais uma coisa, para lhe desejar boa sorte com blog..

Tem uma frase da Clarice que eu adoro e é assim:

"Mas já que se há de escrever, que ao menos não se esmaguem com palavras as entrelinhas"

(Clarice Lispector)


Faça uso delas.

=)

Juliane Soska disse...

eu te amo.

só vou dizer duas palavras por este momento:

tum tum

tá, só mais uma:

saudade!